Facebook perde anúncios da Ford por manter discursos de ódio, racismo e injustiça social

0

A fábrica de veículos Ford informou nesta segunda-feira (29/06) que não irá anúnciar em todas as plataformas de mídia social ligadas ao Facebook pelos próximos 30 dias.

A montadora se une a empresas Unilever, Coca-Cola e Starbucks que já suspenderam seus anuncios na rede social e outras plataformas da empresa.

A Ford entra na campanha contra as publicação de usuários com discurso de ódio, mantidas no Facebook.

A segunda maior montadora de veículos norte-americana disse que reavaliará sua presença em todas as plataformas de mídia social e acrescentou que discurso de ódio, violência e injustiça racial no conteúdo das redes sociais “precisam ser erradicados”. Um porta-voz disse que a Ford está avaliando esses gastos em outras regiões também.

Comentários