Erika Kokay se torna ré por apropriação de verbas destinadas para salários de seu gabinete PGR havia pedido condenação da parlamentar do PT do Distrito Federal

0

A Justiça do Distrito Federal aceitou a denúncia de desvio do salário de uma assessora que trabalhou no gabinete da parlamentar entre 2006 e 2007. A decisão foi divulgada nesta terça-feira (26).

Segundo a denúncia, apresentada em dezembro de 2017 pela Procuradoria-Geral da República,  a deputada se apropriou indevidamente de parte do salário da funcionária, no total de R$14 mil reais.

Apesar de Kokay negar o ato ilícito, a Justiça a tornou ré no processo que pode gerar prisão de até 5 anos, multa e outras penalidades, como ressarcimento de erário público.

 

Comentários