Dória libera visitas em presídio por medo de rebeliões em tempos de coronavirus Recuo de Dória vai na contra mão da prevenção contra pandemia

0

Ao invés de ter pulso firme e combater as fugas de presidiários e rebeliões nas cadeias de São Paulo, o governador João Dória de São voltou atrás e editou nova regra para visitas a presos.

Será permitida a entrada de um visitante por preso por dia, exceto pessoas consideradas do grupo de risco, como menor de idade ou acima de 60 anos.

Os visitantes serão submetidos a uma triagem antes do ingresso para a verificação de eventuais sintomas da doença.

A decisão vai na contra mão das medidas tomadas nós demais estados e pelo governo federal em relação aos presídios.

Comentários