Demitido responsável por mudar edital para livros didáticos Alteração permitia erros e publicidade em livros didáticos

0

O ministro da Educação, Ricardo Vélez, exonerou nesta sexta-feira (11), o chefe de gabinete do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Rogério Fernando Lot, que havia sido responsável por autorizar as polêmicas alterações no edital do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). A exoneração foi publicada no Diário Oficial da União, nesta sexta-feira (11).

Outras nove pessoas que ocupavam cargos comissionados no FNDE também foram exoneradas.

Vélez Rodríguez pediu na quinta-feira 10, a abertura de uma sindicância para apurar a mudança do edital de livros didáticos que permitia a compra de obras com erros e propagandas.

A alteração também retirava a exigência para as editoras de retratar a diversidade étnica e o compromisso com ações de não violência contra a mulher, além da obrigatoriedade de citar referências bibliográficas.

A primeira versão do edital foi publicada em março de 2018. Em outubro foi atualizado e no dia 2 de janeiro deste ano, foi alterado com a mudança que culminou na demissão de Lot.

 

Comentários