Delação de Palocci para PF foi homologada Acordo havia sido rejeitado por procuradores da Lava Jato

0

O  relator da Lava Jato no TRF-4, desembargador João Pedro Gebran Neto homologou a delação premiada de Antonio Palocci, que atinge apenas criminosos sem foro privilegiado.

O ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil dos governos do PT e fundador do partido conseguiu o acordo com a Polícia Federal, depois de não conseguir o beneficio com a força-tarefa da Lava Jato em Curitiba.

O acordo homologado hoje pela Justiça ainda está sob sigilo, mas ao que tudo indica, foram poupadas pessoas com foro privilegiado. Palocci está preso desde setembro de 2016, na carceragem da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, condenado a doze anos e dois meses de prisão.

A expectativa da polipolfederal é abrir novos inquerinqu a partir da delação.

Comentários