COVID-19: e o cidadão que não tem dinheiro para pagar uma quentinha? Deputado distrital Hermeto fala sobre reabertura do comércio no DF e as ações do GDF

0
Deputado distrital Hermeto

O governador do DF, Ibaneis Rocha, definiu que as atividades comerciais serão retomadas na próxima segunda-feira, dia 11/ 05, e aguarda avaliação da 3ª Vara Federal Cível do DF sobre o relaxamento do isolamento social devido ao Covid-19. O vice-líder do governo na CLDF, deputado Hermeto (MDB), fala sobre as ações do GDF para conter o contágio pelo coronavírus e sobre a reabertura do comércio em Brasília.

BSB Magazine Brasília tem mais de 1.800 pessoas infectadas com Covid-19 e mais de três dezenas de mortos. O DF agiu certo no combate da pandemia?

Deputado distrital Hermeto (MDB)

Deputado Hermeto O governador Ibaneis tomou as medidas necessárias no início da pandemia. Inclusive foi até criticado pelo ministro da saúde da época Luiz Henrique Madetta e outros políticos e governadores. Ele tomou  medidas certíssimas e é por isso que vemos o viés de achatamento do gráfico de contágio aqui no DF.

BSB Maganize É seguro o comércio voltar agora em maio?

Deputado Hermeto Temos leitos de UTI disponíveis nos hospitais com menos de 30% deles ocupados. Está na hora, também, do governador, com toda coerência e todo cuidado, abrir o comércio paulatinamente. E isso está previsto para acontecer a partir de segunda-feira, dia 11 de maio.

Veja, com normas de seguranças rígidas, o comércio pode voltar a trabalhar. O que não podemos é postergar a retomada das atividades normais e agravar a crise econômica. Podemos ter uma taxa de desemprego enorme para enfrentar brevemente com muita gente passando fome. Existem pessoas que estão em situação muito difícil e temos que pensar nelas.

Eu tenho certeza que a abertura gradual feito pelo governador Ibaneis será um exemplo para o Brasil inteiro. A retomada da economia no DF vai ocorrer e vai se tornar modelo para todo o país.

BSB Magazine Não seria melhor esperar mais um pouco?

Deputado Hermeto Temos que repensar na abertura do comércio. É fácil dizer “fica em casa” quando você tem estrutura, tem dinheiro, Netflix, Ifood para utilizar. Agora pensa na dificuldade que o cidadão que não tem dinheiro para pagar uma quentinha.

É a hora de ganhar da pandemia com segurança, com muita segurança mesmo, e com tudo muito bem planejado.

Comentários
Artigo anteriorJustiça proíbe reabertura de novas áreas do comércio no DF
Próximo artigoPorta-voz da Presidência está com coronavirus
Alan Marques
Mestre em Comunicação pela UnB/ FAC com MBA em Marketing pela FGV. Formado em Jornalismo pelo UniCeub e em Administração pela UDF. Trabalhou por 20 anos na Folha de São Paulo com passagem pelos jornais O Globo (1992-94) e Jornal de Brasília (1994-97). É professor universitário nas graduações de Jornalismo e de Publicidade no UniCeub e coordenador do curso de Comunicação da Anhanguera. Foi professor de Introdução de Fotografia na UnB e membro do corpo editorial da Revista Campus Repórter/ UnB 14, 15 e 16. É autor de cinco livros sobre jornalismo de imagem e participou do livro OlhaeVê www.gruponau.com.br