COM QUAL FAIXA, BOLSONARO?

0

No primeiro dia de 2019, Jair Messias Bolsonaro, 63 anos, 38º presidente da República, adornará seu peito com o símbolo de poder no formato de faixa verde e amarela. De seda, com 15 centímetros de largura, Brasão da República bordado em fios de ouro, com franjas também em correntes de ouro e ainda um imponente broche de ouro maciço 18k cravejado de 21 brilhantes com a face da mulher que simboliza “A liberdade guiando o povo” (referência à pintura de Delacroix) e que completou 108 anos no último 21 dezembro.

Pois justamente esse adereço, imponente, mas coadjuvante diante de quem o usa, tem histórias que merecem ser contadas. A atual faixa foi confeccionada no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2003 – 2011), em um processo de licitação no valor de R$ 55 mil com consultoria do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e, em 2016, sumiu. Na verdade, tanto a peça que foi feita no governo Lula, quanto a faixa histórica usada pelos presidentes anteriores e o broche: desapareceram.

Por quase uma semana, ninguém soube do paradeiro dos símbolos maiores da Presidência da República. No dia 17 de agosto de 2016, uma nota da Secretaria de Imprensa da Presidência informou que os três objetos foram encontrados embaixo de um armário no Palácio do Planalto e ficou, para quem acompanhou o caso, a imagem do pessoal da limpeza chegando para a Polícia Federal e dizendo “Achamos isso debaixo do armário e estava atrapalhando a faxina”.

Outra curiosidade, o presidente Michel Temer não quis posar para a foto oficial com a faixa de Presidente encomendada por Lula e usada nas duas posses da presidente Dilma Rousseff. Na imagem oficial, Temer aparece com a faixa da Presidência mais estreita, com o brasão menor e que foi usada pelos presidentes Fernando Collor, Itamar Franco, Fernando Henrique e Lula em seu primeiro mandato. Qual teria sido a justificativa de Temer para recusar usar a faixa de sua antecessora? 

Jair Bolsonaro irá, por fim, percorrer os 36 metros da rampa do Palácio do Planalto em uma inclinação de 30˚e, a quatro metros do solo onde poderá ver todos e ser visto por todos, receberá das mãos de Temer o símbolo maior da presidência do Brasil. Façam suas apostas para saber qual faixa o novo presidente da República vai usar e como foi a conversa entre ele e Temer sobre qual seria o adorno escolhido para a troca de mando. Mas não adianta imaginar que ele vai trazer uma faixa de casa. 

Comentários