Com mais um gol de Nenê, Fluminense acorda no segundo tempo e vence a segunda na Taça Guanabara

0
Miguel e Gilberto, Fluminense x Portuguesa (Foto: André Durão / GloboEsporte.com)

FLUMINENSE ACORDA E VENCE DE NOVO

Após um primeiro tempo ruim, em que a Portuguesa chegou com perigo algumas vezes, o Fluminense acordou no segundo tempo e, com 15 minutos, fez os dois gols da partida. A mudança de postura se deu sobretudo pelas mexidas do técnico Odair Hellmann. No intervalo, ele tirou Felippe Cardoso e colocou Miguel. O garoto de 16 anos mostrou personalidade e mudou a cara do jogo. Os gols foram marcados por Nenê, de pênalti, e Gilberto, após linda jogada de “Miguelzinho”.

MIGUEL

Com apenas 16 anos, Miguel foi um dos destaques do jogo. Além da jogadaça no gol de Gilberto, o meia deu movimentação ao ataque do Fluminense e deu trabalho aos adversários – aplicou lindo chapéu em Diego Guerra, tabelou com Nenê, achou bom passe para Matheus Alessandro quase marcar e alegrou os 10 mil torcedores presentes no Maracanã.

NENÊ ARTILHEIRO

O camisa 77 começou o ano com faro de gol. Após marcar na estreia, Nenê voltou a balançar as redes nesta quinta-feira: de pênalti, o meia de 38 anos abriu o placar no Maracanã.

Fonte G1

Comentários