Cid Gomes diz que Haddad vai perder feio

0

O ato de lançamento da campanha de Fernando Haddad no Ceará , no Marina Park, foi marcado pela discussão deCid Gomes , irmão de Ciro Gomes (PDT), com militantes petistas. Escalado para ser o primeiro a discursar, Cid cobrou um pedido de desculpas do PT pelas “besteiras que fizeram”. Ao ser vaiado, disse que o partido vai “perder feio” a eleição se não assumir seus erros e lembrou que o ex-presidente Lula está preso.

A confusão entre Cid e os petistas diminui ainda mais as chances de um aliança entre PDT e PT no segundo turno. O partido de Ciro Gomes definiu um apoio crítico à candidatura de Fernando Haddad. O petista, que esperava que o candidato do PDT fizesse parte da coordenação de campanha, viu Ciro viajar para a Europa logo após a eleição.

No discurso desta segunda-feira à noite, Cid esperava não ser o primeiro a falar para poder “se acostumar” com as falas dos petistas, já que apoiou Ciro no primeiro turno. Inicialmente aplaudido, o ex-governador do Ceará cobrou dos petistas presentes que o partido fizesse um “mea culpa” se quisesse vencer a eleição.

– Não cabe a mim cobrar mea culpa de ninguém. Eu conheço o Haddad, é uma boa pessoa, tenho zero problema de votar no Haddad – disse Cid, antes de continuar:

Mas se quiser dar um exemplo pro país, tem que fazer um mea culpa, tem que pedir desculpas, tem que ter humildade e reconhecer que fizeram muita besteira.

A frase gerou uma reação dividida na plateia. Um deles chamou a atenção de Cid e o senador eleito, apontando para o militante, iniciou uma série de críticas ao partido.

Fonte: O Globo
Comentários