Brasil, país do carnaval! As festas mais tradicionais do país Blocos, escolas de samba, vestindo abadá ou fantasia... O melhor das festas de Carnaval pelo país

0

 

Apesar de ser uma festa em que o Brasil é seu maior representante, o Carnaval foi criado muito longe daqui, sem direito a samba, batuque e fantasias. Sua origem remonta ao território grego – no período entre 600 e 520 a.c. – com intuito de celebrar o fim do inverno e o início da época de plantações.

No século 11, a Igreja Católica incluiu o festejo em seu calendário sinalizando o início do período quaresmal. Durante quatro dias, os fieis poderiam comer carne a vontade.

Os portugueses trouxeram a festa para o Brasil, mas somente com a gravação do samba Pelo Interfone (1917) é que começou a tomar a forma que conhecemos hoje. Entre desfiles de escolas de samba e animados blocos de rua, selecionamos as principais festas espalhadas pelo Brasil.

1. Blocos de rua de São Paulo

Longe das alegorias do Sambódromo do Anhembi, outros blocos também fazem a festa em São Paulo (SP). Sem vender abadá nem cobrar ingresso, eles se multiplicam. Eles garantem o ziriguidum nas ruas até o início dos desfiles do Grupo Especial. Entre os destaques estão Acadêmicos do Baixo Augusta e Ritaleena.

2. Blocos de rua do Rio de Janeiro

(Edu Lopes)

Em São Paulo, as escolas desfilam no Pólo Cultural e Esportivo Grande Otelo, nome oficial do Sambódromo do Anhembi. Os 530 metros são percorridos por 14 agremiações do Grupo Especial, em dois dias, e por oito do Grupo de Acesso, em apenas um dia de desfile.

5. São Luiz do Paraitinga

 

Comentários