Bolsonaro pede para povo não ir às ruas domingo, dia 15 Presidente quer adiar por pelo menos dois meses manifestações

0

O presidente da República Jair Bolsonaro pediu no início da noite desta quinta-feira 12, que as manifestações programadas para o próximo domingo 15 sejam adiadas.

Bolsonaro e o ministro da Saúde Mandeta fizeram uma live com máscaras cirúrgicas e disseram que é preciso evitar uma explosão de pessoas infectadas, “como presidente da República, sou a favor de adiar , suspender… Já foi dado um tremendo recado para o Congresso sobre essas emendas, sobre a autonomia” disse o presidente.

Bolsonaro está sob investigação por ter tido contato com o secretário de comunicação da presidência, Fábio wonjgarten que testou positivo por coronavirus. Os movimentos de Rua, incluindo o Instituto Civis que já se pronunciou, devem suspender as manifestações de domingo.

Comentários