Bolsonaro desmente Fake News e reafirma apoio a general Site de notícias da cidade publicou matéria que foi desmentida hoje, pelo primeiro colocado nas intenções de votos na corrida presidencial

0
Site Radar DF foi desmentido nesta quinta-feira 5 por Jair Bolsonaro

A proliferação de matérias falsas em jornais, sites e revistas não é um mal que corrói apenas a grande mídia. Nesta corrida eleitoral, o jogo sujo impregna, também, blogs e veículos minúsculos.

Hoje, uma matéria falsa postada   pelo site Radar DF foi desmentida pelo líder nas intenções de voto para presidente da República, Jair Bolsonaro. O candidato do PSL reafirmou o apoio à candidatura do general Paulo Chagas do PRP, ao governo do Distrito Federal.

Bolsonaro negou que tivesse se reunido com líderes de igrejas evangélicas e disse que jamais apoiaria outro nome nessas eleições em Brasília. “Jamais estive com essa liderança e se estivesse, jamais eu aceitaria uma proposta dessas” disse o presidenciável e reiterou: Se eu morasse em Brasília, votaria no general Paulo Chagas” disse Jair Bolsonaro.

Segundo a falsa matéria postada ontem, dia 04/07/2018, o presidenciável Jair Bolsonaro, estaria participando de uma reunião na sede Nacional das Assembleias de Deus Madureira, para uma conversa de pé de ouvido com o bispo Manoel Ferreira e com o presidente do PRB, Wanderley Tavares. Os dois querem o fim da candidatura do General Paulo Chagas ao Buriti. Se a conversa prosperasse, dizia a matéria, agora desmentida pelo próprio Bolsonaro, o PRB e o PSC, ambos do DF, abandonariam a candidatura de Izalci Lucas do PSDB.

Cai por terra mais uma tentativa de desmontar com Fake News, de uma só vez, as candidaturas de Paulo Chagas e de Izalci Lucas ao governo do DF. Cabe ao TSE e ao o ministro da Segurança Pública do Brasil, Raul Jungmann, que alardearam um rígido controle das Fake News, tomarem providências e descobrirem a quem interessa o fim dessas duas candidaturas e de quem partiu a ordem para o site publicar a matéria falsa.

Comentários