Bitcoin e outras criptomoedas na mira da receita A partir de agosto todas as transações deverão ser informadas ao governo

0

A Receita Federal vai cobrar informações de  transações com moedas virtuais de pessoas físicas, jurídicas e corretoras.

O bjetivo é coibir a utilização de criptomoedas para crimes como lavagem de dinheiro, sonegação e financiamento ao tráfico de armas e terrorismo entre outros delitos.

Demorou. “A coleta de informações sobre operações com criptoativos tem se intensificado em vários países, após a constatação de que grupos estariam se utilizando do sistema para cometer crimes como lavagem de dinheiro, sonegação e financiamento ao tráfico de armas e terrorismo”, afirma a Receita.

Hoje, um Bitcoin vale R$ 23.199,49.

Comentários