Bia Kicis: Lei de abuso quer parar investigações contra corruptos Em evento do PSL em Brasília, deputada federal conversou sobre a lei

0

Em entrevista exclusiva ao BSB Magazine, a deputada Federal Bia kicis, presidente do PSL no Distrito Federal, afirmou que a lei do abuso de autoridade quer parar quem está investigando a corrupção.

“Você tem que ver a quem serve esse projeto de lei que estamos  contestando no STF.   Ele serve muito àquelas pessoas que querem o fim de quem está combatendo bandidos.  Querem parar quem está investigando a corrupção, então ele não é um projeto bom porque ele tem muitos exageros. Agora, é preciso que tenha uma lei para coibir o abuso autoridade. Certamente existe muito abuso de autoridade, como abrir uma investigação contra uma pessoa e nunca mais fechar”, disse a deputada.

Segundo a deputada, “artigos dessa lei vão na verdade atrapalhar muito o combate à corrupção e vão servir para proteger os criminosos de colarinho branco”, enfatizou.

Para Bia Kicis a forma do processo de votação não deixou oportunidade para  a analise do texto.

No total, 11 parlamentares  do PSL protocolaram um mandado de segurança no STF, na última sexta-feira, para tentar anular a votação em que foi aprovada a Lei de Abuso de Autoridade.

Segundo os parlamentares, houve ilegalidade no processo, pois deputados foram impedidos de fazer votação nominal, mesmo havendo quantidade suficiente de pedidos.

Na última quinta-feira, o partido Novo já havia protocolado mandado de segurança no STF pelos mesmos motivos.

Comentários