Assista: Bolsonaro diz que aqui é democracia, não tem de fechar nada Presidente se referiu ao ato de domingo que pedia fechamento do Congresso e STF

0

O presidente Jair Messias Bolsonaro ressaltou em coletiva na saída do Palácio da Alvorada, nesta segunda-feira 20/04 que é contrário ao fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e Congresso Nacional. Disse o presidente: “Supremo aberto, transparente. Congresso aberto, transparente”.

Bolsonaro afirmou ainda:

“Tem gente que conspira para chegar ao poder. Eu já estou no poder. Eu já sou o presidente da República. Então eu estou conspirando contra quem meu Deus do céu? Falta um pouco de inteligência para aqueles que me acusam de ser ditatorial. O que que eu tomei de providencia contra a imprensa? Contra a liberdade de expressão? Eu, inclusive, sou contra as prisões administrativas que estão ocorrendo pelo Brasil. Prendendo mulher de biquíni na praia do Recreio, prendendo em Araraquara mulher em praça pública sozinha, prendendo lá na praia de Boa Viagem um aposentado da Aeronáutica. Eu sou realmente a Constituição. E mais, eu tenho conduzido o Brasil, orientado e fiel aos interesses do povo brasileiro. Nada que eu faço que não esteja de acordo com eles. É isso que acontece comigo? Aonde é que eu estou errando? O meu time não trabalha de madrugada. Meu time trabalha a luz do dia. Todas as pessoas escolhidas com critérios. Alguns, que por ventura, desviam do critério, a caneta vai funcionar. A caneta vai funcionar. Para isso que eu sou presidente. Pra decidir. Se tem que demitir qualquer ministro, demito! Não estou ameaçando. Longe de ameaça. Não tem ameaça da minha parte. Agora se ele desviar-se daquilo que eu prometi durante a pré-campanha e a campanha, lamentavelmente está no governo errado. Vá para outro barco. Vá tentar em 2022”, e finalizou: “Aqui não tem essa conversa de fechar. Aqui não tem que fechar nada. Aqui é democracia. Aqui é respeito a Constituição brasileira e aqui é a minha casa e a tua casa. Então eu peço por favor, que não se fale isso aqui. Supremo aberto. Transparente. Congresso aberto. Transparente. Nós, o povo estamos no governo. Não vamos aceitar provocações baixas, provocações rasteiras por parte da imprensa que está aqui”.

Bolsonaro também disse que respeita o Congresso e o STF, mas tem sua opinião:

“Não pode qualquer palavra minha ser interpretada por alguns como agressão, ofensa”, declarou.

Assista o vídeo:

Comentários