Assédio gravado em Uber leva a demissão de motorista do aplicativo Assista o vídeo gravado pela passageira durante a viagem

0

Uma gaúcha, que afirma ser menor de idade, gravou um vídeo onde o motorista de aplicativos Uber continua uma conversa com propostas sexuais, mesmo depois da moça ter afirmado ser menor de idade e que não estava interessada.

A vítima gravou um vídeo e publicou em suas redes sociais para denunciar o assédio que sofreu dentro do carro do Uber em Porto Alegre RS. Nas imagens, ela aparece constrangida com as investidas do homem, que a importuna sem qualquer vergonha.

“Eu sou menor de idade”, avisa a jovem. Ela ainda fala para o motorista que ele tem idade para ser pai dela e ele responde: “Eu faria coisas que o seu pai não faria. Pode ter certeza”. O caso aconteceu em Porto Alegre.

Após a insistência, a adolescente frisou que não tinha interesse. O motorista, identificado apenas como André, desconversou e disse que apenas estava brincando com a vítima.

Veja o vídeoaqui:

A garota postou o vídeo, com a foto do motorista no aplicativo, em suas redes sociais.

Nesta terça-feira, a garota postou outro vídeo informando que a Uber disse para ela que excluiu o motorista da plataforma e que ela havia feito uma ocorrência policial sobre o assédio sofrido no interior do veículo.

Em nota a Uber dusse  que baniu o motorista e não tolera esse tipo de comportamento.

Comentários