Alimentação oral de Bolsonaro suspensa

0

Um novo boletim médico, divulgado na manhã desta quarta-feira (11), pela direção da clínica do Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, informa que o presidente Jair Bolsonaro teve a dieta oral suspensa.

O presidente passou a se alimentar por uma sonda nasogástrica. A nota informa que Bolsonaro permanece sem dor, sem febre e que os exames laboratoriais estão “estáveis”.

Na segunda-feira (9), o presidente havia começado a se alimentar por dieta líquida.  O boletim informa também que  está mantida a recomendação de que Bolsonaro caminhe pelo corredor do hospital, para evitar trombose venosa profunda.

As visitas ao  presidente permanecem  restritas.

 

Comentários