A VIA CRUCIS DE BOLSONARO Depois de segunda Cirurgia Bolsonaro fará fisioterapia na UTI

0

O candidato Jair Bolsonaro, líder nas  pesquisas eleitorais para a Presidência da Reública, reiniciará a fisioterapia segundo  boletim médico divulgado na manhã desta sexta-feira (14) pelo Hospital Albert Einstein.

Bolsonaro foi submetido a uma segunda cirurgia que durou duas horas, na noite de quarta (12) para resolver complicações da cirurgia anterior, depois de constatada obstrução no intestino delgado, ele segue na UTI, sem febre nem outros sinais de infecção.

A fisioterapia iniciada nesta sexta consistirá em levantar-se da cama e fazer exercícios respiratórios. Ele continua recebendo analgésicos e segue não pode se alimentar via oral, com alimentação parenteral (endovenosa) exclusiva.

Bolsonaro, que foi vítima de um atentado contra sua vida, está internado no hospital de São Paulo há uma semana, depois de ter sido esfaqueado durante uma caminhada em Juiz de Fora, Minas Gerais.

Em todo Brasil, a campanha de Bolsonaro, caminha com o apoio de admiradores e apoiadores, como seu candidato a vice-presidente, General Mourão e em Brasília, pelas mãos do General Paulo Chagas, candidato ao Governo do Distrito Federal.

General Paulo Chagas e Jair Bolsonaro em carreata no DF, um dia antes do atentado em Juiz de Fora, MG.
General Paulo Chagas e Jair Bolsonaro em carreata no DF, um dia antes do atentado em Juiz de Fora, MG.

“Bolsonaro é um soldado na guerra contra a corrupção e continuamos a luta, para que ele seja eleito ainda no primeiro turno, temos certeza que em breve, o Capitão estará de volta às trincheiras lutando por nossa pátria”, disse o General Paulo Chagas.

Médicos e parentes de Bolsonaro acreditam que a nova cirurgia, deve atrasar a alta que estava prevista para 15 dias. Uma nova cirurgia para refazer a ligação do intestino de Bolsonaro, só deve ser realizada em dois meses.

Comentários